Tudo sobre poupança infantil, conta infantil e seguro para criança

Como garantir o futuro da sua criança?

Um filho é o maior tesouro de nossa vida. Os pais do pequeno gostariam que ele recebesse o céu com toda certeza. Pensando no futuro de seu filho vale a pena protegê-lo também em termos financeiros. Como isso pode ser feito? Quais instrumentos financeiros podem ser usados e quais são as instituições que oferecem uma boa oferta para os nossos prodígios?

Seguro - o mais comum

Freqüentemente, pais, avós ou outros familiares vão garantir o futuro da criança através da compra de um seguro adequado para ele. Este tipo de produto financeiro é frequentemente chamado de seguro de dote ou seguro de doação e está disponível em um número de companhias de seguros que operam no Brasil. Seguro de dote fornece proteção à criança pelo meio de acumulação de capital financeiro. Recursos combinados seriam pagos quando a criança atingir certa idade, ou em caso de uma emergência predeterminada.

Este tipo se seguro é assinado por um adulto, que em acordo com a companhia de seguros determina quem no futuro vai ser o beneficiario das poupanças acumuladas. Como foi indicado antes, as companhias de seguro oferecem opções de mobilização de capitais para proteger a criança contra situações aleatórias negativas que possam agravar a situação material dele. Todas as condições de tal seguro tem que ser cuidadosamente analisados, não apenas para fornecer o efeito máximo, mas, em especial, devido aos custos anuais relacionados.

Instrumentos bancários básicos

O seguro não é a única maneira de garantir o futuro da criança. Os bancos no Brasil também oferecem muitas formas de poupar dinheiro para um melhor começo da vida adulta dos nossos filhos. Dois tipos de produtos necessitam de uma atenção especial:

1. Contas de poupança, onde você pode depositar e levantar dinheiro sem perder o interesse tão livremente. A taxa de juros, no entanto, não é particularmente atraente e é difícil esperar que - considerando a inflação – os recursos depositados vão crescer o bastante para prestar um bom atendimento para os nossos filhos.

2. Depósitos bancários - Geralmente têm taxas de juros mais altas do que as contas de poupança, mas são celebrados por um período de tempopredeterminado e causam congelamento de recursos financeiros, sem a possibilidade de pagamento sem perda de juros cobrada pelo banco.

Ambas as opções acima mencionadas são boas para proteger o dinheiro, particularmente devido a garantias do governo. no entanto, o que poderia ser feito para melhorar o investimento?

Outras maneiras de investir para o seu filho

Assegurar o futuro de uma criança geralmente se resume a fornecer-lhe os fundos em algum momento de entrar na vida adulta. Você pode comprar para uma criança títulos de longo prazo, com uma garantia de pagamento do capital e dos lucros. Com uma tolerância maior para os risco de investimento, vale a pena considerar o fundo de investimento, que permitem desenvolvimento de lucros maiores. Se você pretende investir para uma criança, a longo prazo, o risco relacionado ao esta opção de investimento será diminuído (devido à fragilidade do mercado ocorrendo em curto e médio prazo, enquanto a economia é obrigado a crescer no longo período de tempo).